CURSO DE MANUTENÇÃO DE NOTEBOOKS

CURSO DE MANUTENÇÃO DE NOTEBOOKS

Artigos

Como aumentar a duração da recarga da bateria

A grande maioria das pessoas acaba escolhendo o notebook devido a sua mobilidade, logo, não há nada mais irritante do que ficar preso a distância limite entre o carregador e a tomada. Para evitar este desconforto, vamos dar dicas para a carga da bateria do seu notebook durar mais!


Programas desnecessários


Quanto menos programas forem executados, menor será o consumo de energia. Esse é mais um bom motivo para evitar que aplicativos desnecessários iniciem automaticamente quando o micro é ligado. Execute o utilitário MSConfig e edite a lista de programas que são carregados durante a partida do sistema. Para ativar esse programa no Windows XP, digite msconfig no campo Executar. No Vista, escreva isso dentro do campo de buscas.  


Configure e otimize as opções de energia


Uma das formas mais eficientes de ponderar a forma como computador trabalha com a energia disponível é ajustar as opções de energia através das configurações do próprio Windows.


Para isso, acesse o Painel de Controle do computador e selecione a opção “Opções de Energia” no XP, ou siga o caminho “Painel de Controle > Sistema e Segurança > Opções de Energia” no Windows 7.


O sistema operacional dispõe de vários planos que fazem o balanço entre desempenho e economia de energia, permitindo que o usuário ajuste os valores conforme o desejado. Quando se trata de notebooks, o recomendado é que o plano escolhido seja o “Economia de Energia” ou no máximo o “Equilibrado”, mesmo em momentos em que não é preciso poupar bateria.


Após selecionar o seu perfil, clique em “Alterar configurações do plano” para ter acesso a opções avançadas que permitem um maior controle sobre a forma como a energia é utilizada. Na janela seguinte pode-se ajustar o tempo que demora a apagar o monitor em caso de inatividade, e quanto tempo o dispositivo leva para suspender atividades.


Já a opção “Alterar configurações de energia avançadas” deve ser acessada somente por quem tem conhecimento avançado sobre a forma como o computador funciona. A partir da janela aberta pode-se alterar a forma como o dispositivo é resfriado (através dos coolers ou diminuindo o desempenho dos componentes) ou diminuir a carga reservada para o processador, rede sem fio ou placa de vídeo.


Diminua o brilho


Reduzir a luminosidade da tela o quanto for possível é o primeiro mandamento para a economia de energia, a iluminação do display LCD consome boa parte da energia fornecida pela bateria. Regule o brilho para o nível mais baixo possível, mas que fique confortável para seus olhos. Experimente, também, diminuir a resolução da tela para o nível mais baixo disponível e desativar animações do sistema operacional. Esses dois procedimentos poupam esforços da placa de vídeo.


Desligue dispositivos que não esteja usando


O primeiro item a ser desligado é o Bluetooth, pois não ficamos utilizando o tempo todo. Quando não estiver usando a conexão Wi-Fi, deixe o transmissor desativado. Mesmo sem nenhuma transferência ativa, o recurso continua a gastar. Se possível, não use mouse externo e nem o sistema de som, esse tipo de conteúdo exige muito do processador na decodificação dos formatos, o que implica mais consumo de energia.


Atualizações na hora certa


Normalmente o Windows Update e o antivírus baixam dados e exibem notificações em momentos inoportunos. Essas tarefas também consomem energia, é claro. Por isso, é melhor deixar para fazer o download e instalar as atualizações quando o notebook estiver na tomada. No Painel de Controle, selecione o item Atualizações Automáticas e desative o recurso de mesmo nome.


Evite a multitarefa


Se possível, não deixe muitos programas abertos simultaneamente. Quanto mais aplicativos abertos houver, mas necessidade de acesso ao HD para guardar informações de trabalho e mais a bateria será utilizada. Não é recomendado desabilitar o antivírus ou firewall, a não ser que esteja desconectado da rede e da internet - e LEMBRE-SE de executá-los novamente ANTES de tais conexões serem efetuadas.


Pronto para hibernar


O modo de hibernação do Windows poupa mais energia que o modo de Espera. O modo de espera (também conhecido como 'dormir') no Windows 7, Vista e XP mantém seu notebook ligado, mas consumindo muito menos energia do que se estivesse em atividade. Mas o fato é que ele continua ligado e consumindo um mínimo de energia.


Já o modo hibernar salva todo o ambiente (inclusive as aplicações abertas) no disco rígido e logo depois disso desliga completamente o portátil, cortando a energia por completo. Por outro lado, o Windows leva mais tempo para entrar e sair da hibernação. Alguns casos passam de um minuto.


A regra aqui se baseia no tempo em que o notebook vai ficar sem atividade. Se esse tempo passar de meia hora, o melhor método a escolher é o de hibernar.


Chame reforços


Bateria extra é sempre bem vinda, há a bateria externa que você liga no próprio notebook com a bateria original ainda dentro como se ele estivesse ligado a tomada e a interna que é o mesmo modelo da que seu notebook.  Ambas prolongarão bastante o tempo de uso do notebook longe da tomada, porém a bateria externa atrapalha um pouco a questão da mobilidade (principal característica do notebook).