CURSO DE MANUTENÇÃO DE NOTEBOOKS

CURSO DE MANUTENÇÃO DE NOTEBOOKS

Artigos

Dicas para comprar notebook Parte I

DICAS PARA COMPRAR UM NOTEBOOK


O computador é uma ferramenta essencial por já estar presente em nosso trabalho, vida particular e estudos. E quem vive viajando e andando de um lado para outro, sempre optam por um notebook, afinal, o equipamento dá mobilidade, ocupa pouco espaço físico e pode ser guardado facilmente.


A cada momento, mais e mais modelos de notebooks estão sendo lançados no mercado, cada um com configurações, desempenho e preço diferenciados. Mas você sabe o que deve analisar na hora de comprar um notebook? Aqui vão algumas dicas para você conseguir comprar um bom notebook:


O que você precisa de um notebook? Para que irá usá-lo?


Estas perguntas definem o tipo de notebook que você deverá comprar. Sua intenção é utilizar o equipamento para trabalhar com textos, planilhas e internet? Então não faz sentido pagar mais por um notebook top de linha, que terá mais funcionalidades do que você irá utilizar.


Se você gosta de baixar músicas, já precisará de um notebook melhor, com mais HD (parte do computador onde são armazenados os dados, onde as informações não são perdidas quando o computador é desligado).


Você irá precisar utilizar programas pesados como, por exemplo, o de edição de vídeos? Aí o fundamental é ter uma boa memória RAM (fundamental para o bom funcionamento do computador, já que é responsável por gerenciar as tarefas que você executa com ele ligado).


Outra preocupação importante é a frequência com que você vai usar o equipamento fora de casa ou do escritório. Se você fica muito tempo fora de casa, por exemplo, é interessante pensar em um notebook que substitua o desktop nas longas paradas em hotéis e nos aeroportos. Isso exige máquinas mais potentes com configurações melhores, e tudo isto sem esquecer o peso e o preço que o portátil terá.


Após ter definido todas as funções que o notebook precisará executar, podemos partir para os outros tópicos.


Assistência Técnica e Garantia


Uma assistência gratuita e uma longa garantia são ótimas pedidas. Exija nota fiscal do equipamento e veja a quantidade de lojas autorizadas para assistência técnica e se existem perto da sua região, pesquise se a marca oferece suporte e tente conseguir um longo prazo de garantia (um ano no mínimo). Verifique também se o sistema operacional é original. Comprar um notebook no exterior dificulta a manutenção dele no Brasil, independentemente da marca ter assistência aqui. Certifique-se disso antes de qualquer decisão de compra.


Tela


Este tópico divide-se em três pontos principais: tipo, tamanho e resolução.


A primeira coisa a ser analisada é o tipo de tela. A maioria dos notebooks vem com tela LCD, enquanto os mais novos já contam com telas LED. A diferença resume-se em qualidade da imagem. Telas de LCD possuem uma luz traseira (backlight) de cor branca, que resulta em uma taxa de contraste menor comparadas com as telas LED, e um consumo de bateria maior. Telas LED utilizam uma iluminação independente (série de pequenas lâmpadas) que deixa a tela com mais brilho e cores mais vivas e, portanto, consomem menos.


Em questão do tamanho, é óbvio que quanto maior a tela (display), melhor a visualização e em contrapartida o maior o tamanho do notebook e, em geral, também o consumo de energia. Por essa razão, a escolha do tamanho da tela deve estar de acordo com suas necessidades.


Se você é alguém que está sempre em movimento e quer um laptop por causa de sua mobilidade, é aconselhada uma tela menor. Assim você pode colocá-lo facilmente em uma mochila ou bolsa e ir para qualquer lugar sem sofrer com o peso. Telas de 13 ou 14 polegadas estão de bom tamanho.


Já se você quer um notebook para utilizar em casa para economizar espaço, uma tela grande é recomendável - para isso, você pode usar notebooks com tela de 15 ou mesmo 17 polegadas, por exemplo. Você também pode optar por notebooks com telas widescreen (que são cada vez mais comuns). Estas são mais largas horizontalmente e podem ser úteis em diversas aplicações, com nas visualizações de filmes ou de planilhas.


Uma solução intermediária neste caso é comprar um notebook com tela pequena, mas conectá-lo a um monitor externo quando for usá-lo na sua mesa ? assim você não abre mão da mobilidade, e nem da tela grande na sua mesa de trabalho.


A resolução da tela para notebooks comuns, mesmo se forem ultraportáteis, a resolução de 1024 x 768 é o mínimo, perfeitamente aceitável para uso em aplicações comuns, como navegação, e-mail e edição de documentos. Resoluções maiores, como 1280 x 800, já são relativamente comuns em notebooks voltados para jogos ou multimídia ? até mesmo em modelos mais baratos. Mas qualquer que seja o tamanho da tela LCD, ela deve ter uma resolução nativa (real) de, no mínimo, 1.024 x 768 pixels (padrão XGA). Não aceite nada menor do que isso.


Teclado e dispositivo para cursor


Teclado ? Esse é um detalhe que muita gente não considera na hora de escolher um notebook, o que muitos não prestam atenção é que um teclado e mouse de notebook têm algumas diferenças se comparados com os periféricos de um desktop. Na maioria dos casos, o espaço entre as teclas é bem reduzido, o que as deixa bem perto e pode causar um desconforto até a adaptação. Muitos equipamentos vendidos no mercado brasileiro vêm com um teclado internacional, que traz alguns inconvenientes, como a ausência da letra “Ç”. Prefira os teclados brasileiros, chamados ABNT2, e evite os teclados “econômicos” que possuem as funcionalidades reduzidas.


Já na questão do mouse, No passado, o usuário não podia escolher entre um dispositivo Pointing Stick e um Touchpad. Mas, nos dias de hoje, vários fabricantes como HP, Dell e até a Lenovo oferecem ambas as opções nos seus portáteis mais sofisticados. analise as funções do touchpad. O touchpad é um tipo de dispositivo onde o usuário movimenta o cursor na tela passando seus dedos em um pequeno painel sensível a toques. O touchpad geralmente é possui botões de ativação (assim como o direito e esquerdo do mouse) ou tudo é controlado através do espaço sensível. Outra opção é oPointing Stick, um pequeno botão que fica entre as teclas do notebook e que possui uma flexibilidade que permite a movimentação do cursor de acordo com a pressão que o usuário aplica por meio de seu dedo (este tipo é mais difícil de ser encontrado). A escolha do melhor dispositivo é complicada, pois se trata essencialmente de uma questão de afinidade. Assim, é melhor testar cada opção antes de efetuar a compra do notebook. E lembre-se de que é possível adicionar um teclado ou um mouse tradicional a partir de entradas USB se você achar conveniente.


Continue lendo: Dicas para comprar um notebook - Parte II