CURSO DE MANUTENÇÃO DE NOTEBOOKS

CURSO DE MANUTENÇÃO DE NOTEBOOKS

Artigos

Dicas para proteger informações

No momento de comprar um notebook, uma das principais preocupações que vêm à mente do consumidor é de como proteger e esconder o equipamento dos bandidos de plantão. O que poucos levam em consideração, no entanto, é como irá proteger os dados armazenados em seu portátil.


Segundo especialistas, o maior prejuízo é causado por dados perdidos e pelo roubo das informações, e não da máquina em si. Recentemente nos Estados Unidos, uma grande empresa do setor financeiro, foi multada em US$ 25 mil porque um de seus funcionários teve o notebook roubado e, conseqüentemente, acabou por expor informações confidenciais de clientes da organização.


Certamente quando o computador é de uso pessoal, o usuário não será multado por ter o equipamento roubado, entretanto terá muita dor de cabeça devido às informações e documentos importantes contidos ali. Veja algumas dicas para proteger as informações em seu notebook ou desktop:


Use um antivírus, firewall bidirecional, anti-spyware e anti-phishing


Esses são os recursos mínimos que a solução de segurança deve possuir. Lembrando que o software antivírus não deve ser usado isoladamente, sem um firewall pessoal. Anti-spam, proteção de rede wireless e controle de conteúdo para os pais também são importantes para reduzir os riscos.


Firewall


Por motivo de segurança, todos dentro ou fora de casa costumam fechar as portas, certo? O mesmo vale para nossos computadores, um Firewall consegue manter as portas do computador fechados. Assim podem, por exemplo, impedir que Worms se conectem ao nosso computador ou que tentem invadir o computador e o infectem, etc..


Mas, atenção: use apenas um Firewall! Usar mais que um, faz com que criem conflitos entre si e é praticamente a mesma coisa que não ter nenhum.


Anti-Vírus


Por mais óbvio que pareça, ainda existem muitas pessoas que não usam antivírus. O que imaginam ser necessário somente com o uso da Internet, mas também é importante usar offline, pois é possível pegar vírus ao abrir documentos no computador ou aquele cd com jogos.


Assim como o Firewall, é importante ter somente um antivírus, pois eles possuem um sistema de proteção em tempo real e a utilização de mais do que um pode trazer problemas.


Anti-Spyware


O Spyware é basicamente um software trojan (Cavalo de Tróia), que coleta suas informações pessoais (sem que você saiba ou permita) de todos os sites na Web que você visita e até informações mais críticas como nomes de usuários e senhas.


E anti-spyware, como o nome indica, é um programa que tem como objetivo combater o Spyware, sendo capaz de detectá-lo e removê-lo do computador. Existem Anti-Spywares que têm proteção em tempo real como os antivírus, e outros que precisam ser programados manualmente para dar scan no sistema ou determinar os períodos para ocorrer de forma automática.


Anti-Phishing


As chamadas ameaças de “phishing” utilizam dados falsos, como correios eletrônicos e sites fantasmas, para se passar por pessoas ou instituições conhecidas. Recentemente, por exemplo, um malware fazia com que uma página inicial idêntica ao Twitter surgisse por emails ou mensageiros instantâneos, a fim de arrecadar dados das contas dos usuários. É recomendado que seja usada uma tecnologia anti-phishing para indicar quais são URLs confiáveis, ou não. Fique bem atento com os endereços eletrônicos que aparecem na barra de endereços ou no canto esquerdo inferior da tela, antes de clicar e/ou enviar informações.


Cuidado com os Pop-Ups


Quantas vezes estamos navegando entre os sites e de repente aparecer um pop up informando problema de segurança? Ou que o computador está muito lento e com um download pode ficar mais rápido?  E principalmente mostrando ofertas “imperdíveis” em outros sites? Pois é, não acreditem nestes pop-ups! Simplesmente fechem a janela e cuidado para não acabar clicando neles, o conteúdo geralmente contém vírus.


Confira se a atualização da solução de segurança roda manual ou automaticamente


As atualizações diárias são necessárias para barrar os novos cavalos de tróia, vírus, spywares e outros malwares. É importante programar que o software busque atualizações de maneira automática para que seu notebook não ficar vulnerável caso se esqueça de rodar o programa. Ao comprar o computador, muitos usam a versão temporária de algum pacote de segurança e não adquirem a licença após o período de testes. É fundamental que o pacote seja substituído por outro ou que a licença seja comprada antes de expirar.


Seja cauteloso com emails


Esta é uma das principais fontes de vírus. Mesmo que sua máquina esteja protegida, a dos seus contatos pode estar vulnerável, então, todo tipo de troca de informação exige cautela. Nunca envie dados particulares, muito menos informações de contas bancárias e cartões. E, em hipótese alguma, abra mensagens de pessoas desconhecidas e links suspeitos, tampouco clique ou faça downloads de links não solicitados.

Observe as atividades online de seus filhos e oriente a família


A McAfee recomenda que o computador seja colocado numa área comum da casa, em que todos tenham acesso. Repasse a importância da privacidade e do perigo de enviar informações residenciais, financeiras e pessoais a outros.


Use sempre senhas seguras e incomuns


Senhas que alternam maiúsculas com minúsculas, números, caracteres especiais diminuem os riscos. Jamais adote a mesma palavra-chave ou senha para diferentes contas de emails ou cadastros na internet.


Só faça compras online em sites 100% confiáveis


Por mais chato que seja, é necessário que o internauta leia a política de privacidade e segurança da loja virtual. Use uma ferramenta segura que bloqueie a aparição de sites maliciosos a fim de ganhar cliques enquanto o usuário faça a compra. Novamente, cheque sempre o endereço antes de cada etapa.


Faça cópias de segurança de dados pessoais e confidenciais


Para não arriscar perder todas as informações particulares, certifique de que o backup de todos os dados importantes foi feito, para ser recuperado no futuro.


Cuidado com arquivos do messenger e outros programas do gênero.


Ao utilizar ferramentas de conversação como o MSN ou o Google Talk, não envie dados pessoais e não inclua desconhecidos em sua lista pessoal.


É muito normal no messenger quando alguém é infectado, abrir automaticamente janelas para todos os contactos a enviar um link infectado. Sempre que alguém enviar um link confirme se é mesmo a pessoa que está enviando, e mesmo confirmando tenha cuidado em aceitar links desconhecidos.


Proteja-se antes de se divertir com os games


O principal alvo dos desenvolvedores de malwares são aqueles que jogam pela internet. Normalmente, eles utilizam cavalos de tróia para roubar senhas. Para não correr nenhum tipo de risco, confira se a solução de segurança também funciona enquanto o aplicativo do jogo está em primeiro plano. As informações pessoais devem ser preservadas ao máximo em conversas entre jogadores.