CURSO DE MANUTENÇÃO DE NOTEBOOKS

CURSO DE MANUTENÇÃO DE NOTEBOOKS

Artigos

Notebook bom e barato

Atualmente, ter um notebook deixou de ser uma questão de luxo e passou a ser uma necessidade de todos. Seja um estudante, um profissional ou até mesmo um gamer assíduo.


Encontrar um bom notebook a um preço acessível também deixou de ser uma tarefa difícil, já que os preços baixaram e as facilidades de pagamento aumentaram.  Para os que ainda não tem um notebook por não ter dinheiro, ou até mesmo por não entender dos assuntos técnicos e achar que notebook bom é somente notebook caro, vamos dar umas dicas para comprar notebooks bons e baratos!


Para começar, vamos deixar claro que o que faz um bom notebook não é a marca, mas a sua configuração. Você pode pegar uma marca boa, mas se sua configuração for ruim ele também será. Se você quer um notebook barato escolher um Sony-Vaio, Asus ou Apple que são todos muito conhecidos e bons, talvez não seja a melhor opção, pois notebooks destas marcas geralmente são mais caros.


Marcas estabelecidas no Brasil que produzem notebooks e oferecem garantia e assistência técnica aqui, são mais caros que os importados do Paraguai, China, Japão. Isto porque marcas que não possuem representação no país não oferecem rede de assistência técnica autorizada para os notebooks que vendem. Então não adianta comprar um notebook muito barato que se quebrar não terá conserto em assistências confiáveis.


Já a parte de configuração irá depender do que você vai fazer com ele, para que tipo de trabalho vai utilizá-lo, quais programas irá utilizar entre outros fatores.


O primeiro item a escolher é o processador, que quanto mais poderoso maior será o preço do notebook. Se não tiver interesse em usar programas ‘pesados’ ou jogos não é necessário investir dinheiro neste item. Dentre as marcas atuais escolha entre os processadores da Intel ou AMD.


A memória é outro item que influi no desempenho, invista no mínimo memória de 2 GB. A maioria já apresenta pelo menos 1 GB, mas vale a pena colocar 2 já que a diferença de preço é pouca. A memória RAM se for só pra escrever textos, baixar fotos, ver filmes em MP4, entrar na internet, ver e-mails, bater papo com amigos usando um Messenger ou sala de bate papo você pode comprar uma de 256MB, que já é suficiente.


O sistema operacional também é um item diferencial em questão do preço: máquinas que vem com sistemas operacionais livres (que não precisam de licença para serem instalados e utilizados, como por exemplo o Linux) são geralmente, R$ 350 mais baratos do que os notebooks que vem instalados com Windows


Quanto à bateria, verifique o número de células, quanto maior mais dura a bateria, porém se você não se importar de usar o notebook ligado a energia elétrica, também não é necessário gastar mais, as baterias dos notebooks mais básicos seguem o mesmo padrão.


Os arquivos ( áudio, filmes, programas, jogos,.. ) estão cada vez maiores. Já é bem comum trabalharmos na casa dos gigabytes. Portanto, não coloque HD com menos de 120 GB. Se puder gastar um pouco mais já invista em 320 GB para não precisar fazer backups tão cedo.


Para esse backup conte com um leitor/gravador de CD e DVD que deve estar presente no notebook. Outros itens importantes são: escolher o tamanho da tela ( atualmente de 13 a 17 polegadas ), uma boa placa de video, portas USB, leitor de cartão de memória, HDMI e placa wireless para a sua internet sem fios.


A oferta de produtos pela internet é enorme, modelos e mais modelos cada um com suas características e preços. Compare os modelos, veja as vantagens, o custo benefício e não esqueça sobre o prazo de garantia oferecido (que deve ser de no mínimo 1 ano).